controle de estoque controle de estoque

Saiba como otimizar o controle de estoque da sua indústria

7 minutos para ler

Diante das intensas transformações pelas quais passam as indústrias atualmente, o controle de estoque tem se tornado um tema de importância cada vez maior para os gestores. Afinal, esse cuidado é o primeiro passo para garantir uma economia de recursos e agilidade na movimentação dos produtos que a empresa precisa.

Aprimorar essa prática pode ser um grande diferencial para determinar o sucesso de uma indústria, especialmente em setores nos quais a concorrência é acirrada. E você, já sabe como otimizar o controle de estoque no seu negócio?

Vamos explicar tudo sobre o assunto neste post, mostrando como sua empresa pode se beneficiar dessa ferramenta tão importante. Confira!

Saiba o que é o controle de estoque

É chamado de controle de estoque o conjunto de práticas que visam otimizar a supervisão sobre a entrada, o armazenamento e a saída de materiais utilizados nos processos produtivos de uma empresa. Isso pode ser aplicado sobre a movimentação de matérias-primas, produtos finalizados, material de escritório, de limpeza etc.

Para que esse processo seja eficiente e se reverta na melhoria prática nos resultados, é preciso que o gestor tenha uma boa dose de organização, planejamento e boa comunicação com os diversos setores que lidam diretamente com esses itens. Dessa forma, fica mais fácil implementar os procedimentos necessários para que o controle de estoque se incorpore na rotina de todos os colaboradores.

Conheça os benefícios desse controle

Manter um controle de estoque preciso e atualizado pode representar benefícios em vários níveis de atuação das indústrias. Aplicando as melhores práticas, é possível conseguir melhores resultados, desde a aquisição de materiais até a finalização e distribuição do produto final.

Ao desenvolver um controle rígido sobre os produtos que entra e saem do estoque, o gestor consegue viabilizar um atendimento mais rápido das demandas internas. Além disso, fica mais fácil identificar os materiais utilizados com maior frequência para garantir que eles estarão sempre disponíveis, e também aqueles que levam mais tempo para necessitarem de reposição.

Na prática, o controle de estoque é considerado como uma ação estratégica dentro de uma empresa, já que ele permite uma redução no desperdício de materiais e no tempo que os processos levam para serem executados. A prática também ajuda a manter o espaço físico do estoque organizado, facilitando a localização dos itens e otimizando o uso da área disponível.

É preciso ter em mente que os itens em estoque também fazem parte do ativo da companhia, e, por isso, sua gestão deve ser constantemente aprimorada para evitar perdas financeiras, reduzir os gargalos operacionais e impactar de maneira positiva os processos internos de toda a empresa.

Entenda sua importância na indústria

Dependendo do ramo de atuação, muitas indústrias costumam lidar com produtos e materiais em diversas fases produtivas, exigindo diferentes cuidados em cada momento. Em muitos casos, é preciso lidar também com as demandas de vários pontos de distribuição, exigindo uma boa organização logística, que se inicia pelo controle de estoque.

Uma gestão dinâmica e organizada permite um planejamento de pedidos mais preciso para atender as necessidades dos clientes de forma rápida e com qualidade. A otimização beneficia também o setor de compras, que disporá dos dados necessários para determinar quais itens devem ser adquiridos e quando será o melhor momento, de acordo com as tendências anteriormente observadas.

No final das contas, isso resulta em uma notável redução de custos, tanto ao evitar a compra de materiais que ficam parados no estoque quanto em possíveis perdas pelo armazenamento ou transporte inadequado.

Em tempos de revolução nas rotinas industriais, dominar os conceitos e ferramentas tradicionais é fundamental para preparar o caminho para implantação das novidades, especialmente as tecnologias trazidas pela indústria 4.0.

Descubra como desenvolver um bom controle de estoque

Para muitos gestores, dar o primeiro passo para promover uma otimização do controle de estoque pode ser uma tarefa desafiadora. A boa notícia, no entanto, é que essas práticas podem ser implementadas em qualquer tipo de negócio.

Confira agora algumas dicas que vão ajudar a manter o estoque da empresa sob controle.

Conheça as particularidades do estoque

Apesar de o controle de estoque ser uma necessidade comum a diversos tipos de empresa, é preciso considerar que cada negócio tem suas características e particularidades. Por isso, conhecer a fundo os detalhes dos processos internos e dos produtos que serão estocados é um passo importante para esse processo.

Assim, será possível definir os melhores métodos de armazenamento, além de buscar maneiras de padronizar a disposição dos itens, as nomenclaturas e as referências para que tudo possa ser localizado rapidamente.

Faça previsões sobre a demanda

O conhecimento detalhado sobre o estoque permitirá priorizar a aquisição de materiais que podem ser capitalizados de forma mais rápida, evitando que recursos importantes fiquem parados. Dessa forma, o gestor pode fazer estimativas de demanda alinhadas com a realidade, para que a empresa não seja surpreendida com os pedidos em nenhum momento.

Use a tecnologia como aliada

Os recursos tecnológicos também podem contribuir nesse processo. Uma boa dica é implementar um sistema informatizado para automatizar diversas atividades, que tornará o controle mais preciso e livre de possíveis falhas humanas.

Essa é uma excelente medida para reduzir o tempo gasto especialmente com tarefas repetitivas, como cadastro e checagem de produtos, além de agilizar o registro e a consulta de informações relativas ao estoque. Outra vantagem é a possibilidade de promover a integração da cadeia de suprimentos por meio das soluções digitais.

Desenvolva uma cultura de controle

O principal norte que define a maneira como os colaboradores devem atuar em uma empresa é a sua cultura organizacional. Quando o gestor consegue fazer com que as boas práticas de controle de estoque integrem essa cultura, sua aplicação se torna mais eficaz e os resultados mais duradouros.

Uma boa maneira de atingir esse objetivo é realizar periodicamente reuniões e treinamentos a fim de transmitir essa nova cultura aos funcionários. Ademais, é válido divulgar informes regulares para que as práticas desejadas sejam incorporadas na rotina mais rapidamente.

Planeje inspeções periódicas

Ainda que você conte com bons mecanismos para controlar as diversas variáveis em um estoque, programar inspeções periódicas é fundamental. Apenas dessa maneira será possível avaliar se as práticas estão sendo realmente adotadas no dia a dia e se ainda existem melhorias que podem ser implementadas.

Mantenha uma boa relação com os fornecedores

gerenciamento de fornecedores é outro papel importante do gestor na busca pela otimização do controle de estoque. Afinal, seu abastecimento depende diretamente desses parceiros, com quem é importante desenvolver uma boa relação comercial.

Dessa forma, é possível conseguir condições diferenciadas na hora de adquirir os materiais que sua empresa precisa, mantendo as portas abertas para negociações que podem ser vantajosas para as duas partes.

Apesar de exigir alguns esforços, um bom controle de estoque é indispensável às empresas que buscam sempre aprimorar sua atuação para se destacarem em sua área e estarem preparadas para as novas demandas do mercado. Lembrando que melhorias assim podem ser aplicadas não apenas no estoque, mas em praticamente todos os setores de uma indústria.

Por isso, aproveite agora para conferir o manual de boas práticas da gestão de compras na indústria que preparamos e descubra como otimizar também a atuação desse importante departamento!

Posts relacionados

Deixe um comentário