disponibilidade-de-equipamentos disponibilidade-de-equipamentos

Disponibilidade de equipamentos: qual o papel da lubrificação?

7 minutos para ler

Um dos temas mais sensíveis na operação de uma indústria é a disponibilidade de equipamentos. Trata-se de um indicador essencial para medir a capacidade produtiva de uma empresa, ao mesmo tempo em que deve ser respeitado e tratado com o cuidado necessário para evitar acidentes e diminuição da vida útil do maquinário.

O uso de lubrificantes é obrigatório nesse tipo de equipamento. Isso porque eles garantem o bom funcionamento e evitam o desgaste prematuro de peças e engrenagens. No artigo a seguir, vamos apresentar algumas informações importantes acerca do tema, como o papel da lubrificação e seus principais benefícios.

Ficou interessado? Continue com a leitura para aprender mais a respeito!

O que é disponibilidade de equipamentos?

A literatura especializada afirma que disponibilidade dos equipamentos é um indicador que mostra a porcentagem de tempo em que um maquinário, ferramenta ou utensílio está disponível para executar suas funções. Essa disponibilidade é calculada com base no tempo de trabalho associado ao período em que o equipamento ficou parado, seja em função da necessidade de manutenção ou por outras razões.

O cálculo da disponibilidade pode ser realizado de diferentes formas. Em alguns casos, as empresas elaboram um calendário de funcionamento para seus equipamentos, baseado em prazos e fluxos de demanda próprios da organização. Dessa forma, todas as intervenções necessárias devem ser realizadas dentro das datas e horários estipulados nesse calendário, que já leva em conta o tempo em que os materiais ficarão indisponíveis.

Mas nem todo mundo trabalha dessa forma. Há empresas que incluem o tempo de manutenção no cálculo da disponibilidade dos equipamentos. Existem, ainda, organizações que acreditam que as máquinas precisam ficar disponíveis durante 100% do tempo, independentemente do horário de trabalho da empresa.

O pesquisador Áureo Chiaradia apresentou, em um artigo de sua autoria, o cálculo do indicador de disponibilidade de um equipamento:

Disponibilidade (%) = (Tempo útil de trabalho – Tempo de paragens não programadas) / Tempo útil de trabalho × 100

Importância da disponibilidade dos equipamentos na indústria

A disponibilidade dos equipamentos é essencial na indústria, afinal, ela impacta diretamente a produtividade das empresas e, consequentemente, seus resultados. Por isso, esse indicador deve ser monitorado constantemente, com foco no seu aprimoramento e manutenção da integridade do maquinário. Alguns pontos que destacam a sua importância são:

  • economia com manutenção corretiva e troca de equipamentos;
  • previsibilidade da produção;
  • garantia do potencial competitivo das empresas;
  • maior confiança dos investidores.

Qual o papel da lubrificação?

A lubrificação influencia diretamente na disponibilidade dos equipamentos pelo fato de estar totalmente relacionada à manutenção. O uso de um lubrificante de desempenho superior aumenta os intervalos em que a troca de óleo se faz necessária. Dessa forma, a disponibilidade dos equipamentos também é maior.

Além disso, a lubrificação correta evita paradas não planejadas. Portanto, ter um plano de lubrificação também é importante para organizar as paradas e minimizar o tempo e a frequência das paralisações, aumentando, dessa forma, a disponibilidade dos equipamentos.

Ação dos lubrificantes nos equipamentos

Os lubrificantes formam uma camada protetora entre duas superfícies (como as engrenagens de um equipamento, por exemplo). Assim, eles amenizam o atrito entre as peças, o que diminui o seu desgaste. Além disso, os lubrificantes:

  • protegem o equipamento contra corrosões;
  • facilitam a limpeza;
  • evitam a fadiga dos componentes mecânicos.

Porém, os lubrificantes não devem ser utilizados indiscriminadamente. Cada maquinário demanda um tipo específico de produto, que varia entre graxas, lubrificantes sintéticos e semissintéticos, biodegradáveis e outros modelos.

Consequências da falta de lubrificação

Todo equipamento industrial precisa de um sistema de lubrificação — é isso que garante a integridade dos componentes. Caso contrário, os equipamentos sofrem desgaste de forma prematura, inclusive podendo se tornar inutilizáveis em pouco tempo. É para aumentar a vida útil desses equipamentos que a manutenção deve ser bem-feita, com a correta aplicação de lubrificantes específicos para cada necessidade.

Cuidados essenciais na lubrificação de equipamentos

Toda indústria deseja ver seus equipamentos sempre em funcionamento. Para chegar lá, no entanto, é preciso tomar uma série de cuidados com a lubrificação. Veja quais são os mais importantes:

  • evitar excesso de pó — as vias de lubrificação podem ser bloqueadas e impedir o fluxo do fluido pelo equipamento;
  • molhar o equipamento — a água pode não apenas corroer a superfície das peças, mas também formar emulsões (quando em contato com o lubrificante) que afetam seu funcionamento;
  • separação dos fluidos de corte — é fundamental que os fluidos sejam separados, para garantir a correta operação do conjunto e também para preservar o lubrificante.

Contar com uma equipe técnica de especialistas é fundamental para garantir que a lubrificação será feita da maneira correta. Além disso, eles terão a missão de realizar as manutenções preventivas necessárias para aumentar a vida útil dos equipamentos.

5 benefícios de uma lubrificação adequada para a disponibilidade dos equipamentos

A seguir, veja quais os principais benefícios da lubrificação feita de forma correta e adequada à cada situação, inclusive com algumas recomendações de produtos que podem ajudar a obter a máxima produtividade e segurança. Lembramos que a lubrificação é obrigatória na indústria para garantir o funcionamento da cadeia produtiva. Confira mais a respeito!

1. Diminui as paradas

Quando se faz a lubrificação dos equipamentos do jeito certo, a necessidade de paradas diminui. Tanto os intervalos em que elas são necessárias quanto o tempo de cada parada é reduzido, trazendo impactos positivos para a produtividade.

2. Evita a corrosão

Como a corrosão das peças se torna menor, a necessidade de paradas diminui, aumentando a disponibilidade dos equipamentos. A vida útil do maquinário também se torna maior.

3. Dificulta a formação de bolhas

O uso de lubrificantes corretos evita a formação de bolhas. Por que isso é importante? As bolhas de ar ajudam a desgastar as peças, sendo responsáveis por um processo chamado tecnicamente de “cavitação”.

4. Facilita a limpeza

Durante o tempo de parada, o equipamento deve ser limpo de forma adequada. Se o lubrificante correto foi usado, sem causar desgaste excessivo nas peças, a limpeza se torna mais fácil e, consequentemente, mais rápida, otimizando todo o processo.

5. Evita acidentes

Outro benefício dos lubrificantes é a possibilidade de evitar acidentes nos equipamentos. Há produtos como o PETRONAS Hydraulic FR que, por exemplo, são resistentes ao fogo, o que dá mais condições de controlar um possível incêndio.

Neste artigo, buscamos apresentar a importância de uma lubrificação adequada para garantir a disponibilidade dos equipamentos. Como vimos, uma das etapas essenciais é o desenvolvimento de planos de lubrificação industrial como medida que otimiza o funcionamento e durabilidade do maquinário.

Quer saber mais sobre esse assunto? Baixe o nosso e-book e aprenda a respeito!

Posts relacionados

Deixe um comentário