Conheça a linha PETRONAS ATO para perfuratrizes

6 minutos para ler

Saber qual o lubrificante certo para cada tipo de equipamento é fundamental para poder desenvolver os planos de manutenção adequados. O óleo lubrificante que deve ser utilizado nos diferentes tipos de maquinário precisa ter características específicas, uma vez que fatores como temperatura e pressão as quais são submetidos podem alterar propriedades importantes do fluido.

As ferramentas pneumáticas, em especial as perfuratrizes utilizadas na mineração de superfícies, também têm determinadas exigências no que diz respeito ao óleo lubrificante. Por conta disso, a PETRONAS oferece aos segmentos de óleo, gás e mineração uma linha exclusiva dedicada apenas a esse tipo de equipamento, a linha ATO. Os produtos levam em conta uma série de demandas geradas pelas condições de trabalho, como:

  • condições de operação do motor;
  • limites e variações de temperatura;
  • impactos constantes;
  • pressão do solo;
  • estabilidade;
  • pó abrasivo;
  • inclinação;
  • umidade.

Conhecer os pontos de lubrificação e as necessidades resultantes das operações das perfuratrizes é essencial para oferecer a manutenção adequada. Foi partindo deste princípio que a PETRONAS desenvolveu a linha ATO, que conta com produtos de alta performance para ferramentas pneumáticas.

Continue a leitura e entenda o que faz da linha ATO a mais eficiente quando o assunto é lubrificação de perfuratrizes na mineração.

Conheça a linha PETRONAS ATO para perfuratrizes de mineração

Todo óleo lubrificante parte de um mesmo princípio: um óleo básico, mineral ou sintético, acrescido de uma série de aditivos que contribuem para uma melhor performance sob determinadas circunstâncias. A atividade mineradora, por exemplo, expõe seu maquinário a condições completamente diferentes daquelas presentes no agronegócio, por exemplo. Sendo assim, nada mais apropriado que o fluido utilizado também leve em conta essas particularidades.

Ao se considerar as condições de operação e pontos de lubrificação mais críticos, foi possível desenvolver um lubrificante enriquecido com aditivos específicos. Na linha ATO, o óleo básico mineral é o principal componente de uma lista que inclui aditivos como antidesgaste, antioxidantes, antiferrugem e antiespuma.

Entenda de que maneira cada um contribui para o bom desempenho da perfuratriz:

  • antioxidantes: retarda a oxidação do óleo básico, o que aumenta a vida útil do próprio fluido. Por meio deste aditivo, a formação de borras e lodo é minimizada;
  • antiferrugem: este componente, quando adicionado ao óleo básico, previne a formação de ferrugem nas peças ferrosas do equipamento. É um aditivo essencial para as máquinas utilizadas na mineração;
  • antiespumante: impede a entrada de ar no fluido, que afeta a homogeneidade do óleo lubrificante;
  • extrema pressão: quando submetido à extrema pressão, o lubrificante inadequado pode formar microssoldas que agridem os componentes do maquinário. Considerando a ação da perfuratriz, esse componente é de extrema importância para um bom desempenho.

O fluido atua nos principais pontos de lubrificação de perfuratrizes, tais como: compressor, sistema de resfriamento, motor, pontos de graxa, sistema hidráulico, cremalheira, transmissão e rolamento vertical.

Além de lubrificar as peças, o óleo lubrificante também tem uma função especial quanto à regulação de temperatura. Ao circular pelo sistema, permite que haja troca de calor entre o equipamento e o ambiente, tendo um importante papel no que diz respeito à refrigeração do equipamento.

Os benefícios da utilização da linha PETRONAS ATO para perfuratrizes

Utilizar os produtos indicados pelo fabricante e manter as manutenções preditivas e preventivas em dia, sem dúvidas, são ações que ajudam a prolongar a vida útil dos equipamentos. Nesse contexto, o óleo lubrificante tem grande importância, uma vez que com as especificações corretas, ajuda a proteger os componentes contra desgastes e outras inconformidades que possam vir a danificar a perfuratriz.

Em termos técnicos, a linha PETRONAS ATO apresenta, além dos já citados, os seguintes diferenciais:

  • evita detonações e depósitos de carbono: com menos formação de lodo, a operação da válvula fica mais eficiente;
  • proteção contra baixas temperaturas: nas partidas a frio, caso o lubrificante não seja o mais adequado, a viscosidade do fluido aumenta, impedindo que ele circule por todo o sistema;
  • controle de nevoeiro: alguns dos componentes recebem óleo por meio da aplicação por spray, que forma uma névoa que pode colocar em risco a saúde dos operadores. A linha PETRONAS ATO foi desenvolvida para minimizar a formação dessa névoa e garantir que não seja tóxica;
  • compatibilidade multimetal: os lubrificantes da linha ATO são compatíveis com a maioria das ligas de metal;
  • compatibilidade com vedações e elastômeros: isso evita a contaminação por erosão das vedações.

Esses benefícios, além de ajudar a aumentar a vida útil da perfuratriz, ajudam a manter a estabilidade do equipamento. Assim, se tornam muito menores os riscos de colapso e paradas por conta de falhas.

Linha PETRONAS ATO: testada e aprovada pelas mais rígidas normas de qualidade

“A linha ATO foi desenvolvida no Centro Global de Pesquisa e Desenvolvimento de Lubrificantes Industriais da PETRONAS. Foi testada seguindo as principais metodologias para este tipo de lubrificante”, comenta o Consultor Técnico da PETRONAS, Rafael Tavares.

Uma das certificações mais importantes, sem dúvidas, é o ISO 6743-3:11. A norma estabelece a classificação detalhada para lubrificantes que estão em contato com ar comprimido.

Enquanto isso, as metodologias citadas por Tavares fazem referência ao sistema de normas ASTM (American Society for Testing and Materials), um dos mais utilizados pela indústria. Toda a linha ATO foi testada seguindo o padrão desenvolvido pela instituição e alcançou bons resultados. Assim, conta com mais essa garantia de qualidade.

A linha ATO é resultado de um grande investimento da PETRONAS em tecnologia de lubrificantes. Desta forma, os produtos são desenvolvidos com foco em aumentar a vida útil dos equipamentos, reduzir custos de manutenção com fluidos de maior duração nos sistemas e levar o que há de mais moderno para a indústria.

A busca por aprimoramento dos produtos também leva a PETRONAS a seguir rigorosamente as legislações ambientais e procurar soluções que garantam também a segurança dos trabalhadores. Desta forma, o resultado são fluidos altamente confiáveis e de performance superior.

Gostou de conhecer melhor a linha PETRONAS ATO? Se você quer contar com a melhor linha de lubrificantes para perfuratrizes de mineração para melhorar os resultados, entre em contato!

Posts relacionados

Deixe um comentário