Cargo de gerente — O que fazer para ocupar uma posição tão almejada?

7 minutos para ler

O cargo de gerente é uma posição bem almejada por profissionais que querem crescer verticalmente nas empresas — quer sejam pessoas mais novas, entrando no mercado, sejam os mais experientes que querem dar um salto na carreira.

Contudo, para alcançar esse objetivo, é preciso ter algumas características específicas e uma visão de negócios que vai além de quem apenas executa as tarefas delegadas. No artigo de hoje, vamos abordar o assunto de forma um pouco mais detalhada. Continue acompanhando a leitura para saber mais!

O que é esperado de um gerente?

Algumas atitudes diferenciadas são esperadas de quem ocupa um cargo de gerente. Listamos algumas delas nos tópicos a seguir.

Criar soluções duradouras

Ainda existe muito a cultura de “apagar incêndios” dentro das organizações, ou seja, os colaboradores ficam por conta de encontrar soluções rápidas e eficazes para solucionar problemas — nesses momentos, as ações ficam mais voltadas para resolver as falhas com agilidade, em vez de atuar na raiz do problema.

Nesse sentido, é fundamental que um gerente tenha a calma para pensar em uma resposta que seja efetiva e duradoura. Assim, a atitude fica mais voltada para encontrar a causa raiz e eliminá-la, e não em tratar os sintomas.

Promover um ambiente agradável

Além de ajudar a gerir um negócio, um bom gerente também trabalha como um facilitador para os colaboradores. Cabe a ele providenciar as ferramentas de trabalho adequadas, preocupar-se com a qualidade de vida da equipe, identificar as necessidades das pessoas e ver o que pode ser feito para atendê-las.

Assim, ele precisa buscar constantemente alternativas que ajudam a promover um clima organizacional mais agradável, evitando problemas como altos índices de absenteísmo e rotatividade — ao mesmo tempo em que consegue aumentar a produtividade.

Estimular a comunicação

Ser gerente é buscar alcançar os objetivos e promover os resultados esperados e também é um trabalho que envolve liderar pessoas. Quando um colaborador precisa conversar, esclarecer dúvidas, fornecer feedbacks, o ideal é que o gestor pare para ouvir.

Com isso, cria-se uma comunicação em uma “via de mão dupla”, em que ambas as partes expõem seus pontos de vista e procuram encontrar soluções em que todos possam sair ganhando.

Definir metas

Todo colaborador precisa ter metas bem definidas para orientar suas ações. Por meio delas, os objetivos organizacionais serão alcançados conforme planejado. Espera-se que o gerente consiga entender a estratégia da empresa e traduzir isso em alvos mais simples, repassando todo o trabalho para os liderados.

Essa definição também ajuda a mensurar os resultados. A partir do momento que se sabe exatamente o que era buscado, fica fácil entender em que ponto o trabalho foi eficaz e quais são as principais deficiências (da equipe ou dos processos) — e saber como trabalhar em cima de cada uma delas.

Orientar as ações baseadas em um planejamento

O planejamento é a base para o sucesso de qualquer processo. Dificilmente se consegue alcançar os objetivos sem ter um plano bem definido, visto que ele é que orienta para as ações que devem ser adotadas.

Sendo assim, espera-se que o gerente consiga estabelecer as etapas e repassá-las para sua equipe de forma clara.

O que fazer para alcançar o cargo de gerente?

Há algumas atitudes que podem ser adotadas para conquistar essa posição dentro das empresas. Confira nossas dicas sobre o assunto a seguir.

Expresse a sua vontade

O primeiro passo é conversar com os gestores e o RH sobre o desejo de se capacitar para se tornar um gerente. Eles poderão ajudar e apontar quais habilidades precisam ser desenvolvidas.

Escolha um mentor

O mentor pode ser uma pessoa dentro da empresa ou mesmo outro profissional que possa contribuir com conhecimentos teóricos e práticos. É ele quem vai auxiliar a desenvolver as habilidades e competências necessárias para se conseguir a promoção.

Fortaleça suas habilidades

Além de adquirir algumas competências que você ainda não tem para o cargo, é importante identificar as que você já tem e trabalhar para aprimorá-las, tornando-as mais fortes. Assim, as chances de ser promovido tornam-se maiores.

Seja diplomático

O cargo de gerente fica em um meio termo entre a alta gestão e os colaboradores que executam as tarefas mais operacionais. Sendo assim, é importante ser diplomático para conseguir fazer a ponte entre essas duas partes. Isso também serve para os momentos de conflito dentro da equipe, que precisam ser resolvidos antes que o ambiente seja afetado negativamente — influenciando nos resultados.

Busque o aperfeiçoamento constantemente

Faça cursos, participe de eventos, seminários e palestras e invista em qualquer outro recurso que possa ajudar a se tornar um profissional ainda mais qualificado.

O que caracteriza um bom gerente?

Existem algumas características que são essenciais para um bom gerente. Explicaremos algumas delas a seguir.

Saber ouvir e passar orientações para os liderados

Houve um tempo em que os gerentes eram apenas chefes, ou seja, aquele profissional que mandava fazer, não era muito flexível e cobrava resultados da equipe. Hoje — principalmente com a geração de millennials — a postura esperada é a de um líder.

Em outras palavras, um bom gestor é aquele que sabe ouvir, tem empatia, trabalha com o time e também sabe orientar cada profissional para explorar todo o potencial de cada um deles.

Saber delegar

Um bom líder conhece seus colaboradores e delega as atividades ideais para cada um de acordo com o perfil profissional deles. Assim, consegue-se ter uma garantia maior de que o trabalho sempre será executado por quem mais entende do assunto — aumentando as possibilidades de conseguir os resultados esperados.

Ser comunicativo e inclusivo

Todos os acontecimentos relevantes para a equipe e para os resultados da empresa precisam ser compartilhados com a equipe — desde problemas até o alcance das metas. Ao adotar essa postura, o gerente consegue passar a ideia da importância que cada um tem para a organização (além da possibilidade de torná-los mais engajados).

Saber dar feedbacks

Falamos mais acima sobre a importância de estabelecer uma comunicação bilateral, mas também é importante ressaltar a importância que o feedback do gerente tem para as equipes.

Além de apontar os pontos fracos e o que pode ser feito para melhorar, o ideal é que também se destaque as qualidades e os feitos de cada um. Assim, todos se tornam mais motivados a conseguir entregar resultados cada vez melhores para obter reconhecimento.​​​​

Como falar sobre o assunto com os seus chefes?

Quando se deseja um cargo de gerente, a primeira atitude a ser tomada é a de comunicar ao superior essa intenção e verificar a possibilidade de haver um desenvolvimento profissional que contribua para isso.

Empresas de maior porte estabelecem processos formais, por meio do RH, para avaliar o perfil do profissional e identificar se ele é capaz de ser um bom gestor. Se esse for o caso, procure saber como funciona, o que é necessário e use o conhecimento do seu mentor para ajudar na missão.

Se não houver essa formalidade, uma boa opção é perguntar para o superior sobre a possibilidade de criar um plano de carreira. É muito importante estar seguro de si e mostrar que está mesmo determinado a obter o crescimento profissional dentro da organização.

Só é preciso ter o cuidado de não parecer arrogante e transmitir a sensação de que está pressionando os seus líderes para oferecer um posicionamento imediato. Se preciso, demonstre o interesse em capacitação e os planos que pretende colocar em prática quando receber a promoção.

Como podemos ver, para conseguir um cargo de gerente é necessário muito mais do que apresentar diversos diplomas. Também deve-se desenvolver competências que são fundamentais para garantir uma boa relação com os liderados — aspecto que gera impacto direto no desempenho do setor e da empresa.

Gostou deste post? Compartilhe-o em suas redes sociais e deixe que outras pessoas tomem conhecimento sobre o assunto!

Posts relacionados

Deixe um comentário