radiadores industriais radiadores industriais

PETRONAS Coolant Up: o fluido ideal para radiadores industriais

6 minutos para ler

O sucesso de uma indústria depende da integridade de seus componentes, com o acompanhamento técnico do desempenho dos equipamentos, operários e produções. Pensando nisso, elaboramos este post especial sobre o tema, em que explicamos a importância dos fluidos de arrefecimento para os radiadores industriais.

A nossa intenção é apresentar um conteúdo rico, minimizando os erros no uso de fluidos dentro da sua operação. Então, não perca a oportunidade de conhecer as nossas ideias e soluções para esse desafio cotidiano às empresas. Acompanhe!

A importância dos fluidos de arrefecimento para os radiadores industriais

Em um primeiro momento, é interessante lembrar da importância da lubrificação em todo o contexto industrial. Como você já sabe, esse é um procedimento indispensável à rotina dos equipamentos, entregando fluidez aos movimentos, proteção às peças e refrigeração aos pontos de calor.

Assim como a manutenção preditiva, a lubrificação é uma ferramenta diária no combate ao desgaste do maquinário, prolongando a sua vida útil. Mas neste artigo, aproveitaremos a oportunidade para dar destaque a esse processo quanto aos radiadores em si.

Pois veja, o radiador industrial é o principal encarregado de garantir o resfriamento dos equipamentos na sua linha de produção. É dentro desse sistema que o fluido de arrefecimento percorre um circuito, provocando uma troca de calor primária — substituindo o calor das galerias internas com a temperatura amena do ambiente externo.

Sem a utilização do fluido nos radiadores, não existe troca de calor. Sem a refrigeração, o equipamento estará fadado ao superaquecimento, que por consequência, causará falhas mecânicas, a paralisação da linha, perdas na produção e por fim, a ociosidade. Além disso, os fluidos de radiadores ainda são indispensáveis para proteger os componentes de desgastes provocados pela corrosão e cavitação.

A maneira como a PETRONAS pode ajudar a sua indústria

Chega o momento de conhecer como essa grande empresa internacional dos fluidos lubrificantes pode auxiliar com os desafios da sua operação. Caso não saiba, a PETRONAS conta com um longo histórico de pesquisa e desenvolvimento, utilizando a tecnologia e a ciência como os principais símbolos da qualidade de seus produtos. Confira!

O Coolant UP

O segmento industrial é um dos mais desafiadores para a construção de fórmulas e soluções. Afinal, a grande maioria dos equipamentos conta com faixas operacionais muito exigentes, com ambientes de extrema temperatura, pressão e estresse. O Coolant UP, por sua vez, é uma solução desenvolvida com tudo isso em mente, atendendo a todas as exigências operacionais de um radiador industrial.

A especificação do produto

O primeiro grande mérito do Coolant UP está em sua formulação química, sendo composto à base de MEG (monoetilenoglicol) diluído em água com aditivação orgânica. A base em MEG é fundamental para garantir a consistência do fluido em cenários mais exigentes, aumentando seu ponto de ebulição e reduzindo o ponto de congelamento. Por fim, a solução também melhora a lubricidade do fluido, aprimorando seus resultados.

A tecnologia por trás do Coolant UP

Mas o sucesso do produto não para por aqui. Como mencionamos acima, a solução também é agregada de uma tecnologia orgânica. Essa aditivação tem um papel defensor, agindo na proteção dos componentes metálicos contra os efeitos da corrosão.

Inclusive, vale lembrar que essa garantia tem um peso científico, já que o Coolant UP foi colocado à prova em uma extensa bateria de testes, comprovando sua eficiência na proteção das principais ligas metálicas utilizadas nos equipamentos industriais, tais como aço, alumínio, cobre, ferro, latão, solda e afins.

OAT, Organic Acid Technology

Esse é o nome patenteado da tecnologia presente na composição do Coolant UP, sendo uma aditivação orgânica efetiva, que basicamente realça as qualidades químicas e funcionais do produto. Além disso, esse produto contém propriedades de defesa contra a ferrugem, a corrosão, a formação de espuma e também dos acúmulos de partículas abrasivas. Como resultado, a operação tem um fluido mais puro e competente para a troca de calor nos radiadores.

As aplicações do Coolant UP

Após essa introdução à tecnologia do produto, é momento para conhecer a utilização adequada desse fluido. Aqui, apresentaremos os diferenciais do Coolant UP frente às suas alternativas de mercado, que na ausência da mesma sofisticação química, não conseguem entregar os mesmos resultados.

Combate à corrosão

A corrosão é um fenômeno comum às indústrias brasileiras, que além de promoverem o eventual contato dos componentes metálicos com a água, ainda devemos levar em consideração os fatores climáticos do país, como a alta umidade e precipitação em algumas regiões. A fórmula do Coolant UP consegue contornar o ponto de dissolução, entregando uma solução de refrigeração mais confiável, eliminando o desgaste provocado pela corrosão nas superfícies internas.

Flexibilidade térmica

Some a esses fatores a alta temperatura operacional dos equipamentos, normalmente acima dos 100° C — que delimita o ponto de ebulição da água ao nível do mar. Uma situação semelhante pode ocorrer nas indústrias no sul do país, onde as temperaturas abaixo de 0° C provocam o congelamento da água.

Em ambos os cenários, o Coolant UP consegue lidar com a situação, mantendo sua consistência original, sem obstruir o circuito do radiador com a dissolução de sua fórmula ou com o congelamento de partículas de água.

Combate à cavitação

A cavitação é um problema silencioso às indústrias. Basicamente, ela ocorre sempre que há a formação de espumas e bolhas no interior de uma tubulação — como o circuito utilizado pelo radiador para deslocar o fluido de arrefecimento. Com o tempo, a implosão dessas bolhas de ar provoca prejuízo às superfícies internas, e em casos mais severos, chega a causar o arrancamento de material das paredes dos componentes.

Nesse sentido, a aditivação orgânica do Coolant UP mostra, mais uma vez, sua utilidade, impedindo a formação de bolhas, espuma ou mesmo do acúmulo de partículas abrasivas. Essa vantagem é uma conquista da inventividade da indústria de lubrificantes, que passou a adotar as composições orgânicas — livres de sais — como a solução para reduzir a interatividade do produto com a corrente elétrica dos equipamentos industriais.

Sendo assim, encerramos este conteúdo enfatizando a qualidade e consistência da PETRONAS, que entrega o melhor fluido para o contexto operacional da sua indústria, conciliando proteção, tecnologia, desempenho e custo-benefício.

Agora que você conhece a importância de um bom fluido de arrefecimento para os seus radiadores industriais, não perca a oportunidade de contatar a PETRONAS e escolher a melhor solução para a sua operação.

Posts relacionados

Deixe um comentário