Estratégias de Custos

Rentabilidade industrial: como fazer sua fábrica mais rentável?

Rentabilidade industrial é um índice financeiro muito importante para o sucesso de qualquer empresa do setor de papel e celulose. Para atingir bons números, é preciso ter uma visão completa do seu negócio, desde a parte de plantio até o chão de fábrica, quando ele engloba todas as áreas dessa indústria.

De acordo com as estatísticas da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá), no primeiro trimestre de 2021, o Brasil fabricou 5.469 toneladas de celulose. É um aumento de 8% se comparado ao mesmo período do ano passado. Na produção de embalagens, o instituto registrou 2.618 toneladas neste ano. Isso demonstra o quanto o setor continua tendo destaque na sociedade e na economia.

Assim, para garantir a rentabilidade industrial da sua empresa de papel e celulose, você deve adotar algumas práticas. Neste artigo, separamos 5. São elas:

  1. fique de olho na manutenção;
  2. atente-se à redução de custos;
  3. tenha um planejamento e controle de gestão;
  4. foque nos resultados;
  5. conte com parceiros estratégicos.

Mas, antes de explicarmos melhor como executar essas ações, compartilhamos o que é rentabilidade e como calcular esse índice. Continue a leitura para saber mais!

Saiba o que é rentabilidade industrial

Basicamente, a rentabilidade industrial é um cálculo para analisar a performance de uma fábrica ou de um projeto. É um índice que ajuda a verificar se há um retorno esperado dos investimentos realizados pela empresa. Ou seja, por meio dessa métrica, pode-se analisar se o planejamento financeiro que seu negócio traçou está sendo efetivo.

O indicador avalia o lucro líquido ━ dinheiro que sobra das receitas após o pagamento de custos fixos e variáveis ━ em um período estipulado e o associa ao valor investido na abertura da empresa. É mais ou menos assim que é possível saber se o negócio está “se pagando” ou quanto tempo falta para isso.

Para saber a rentabilidade industrial, é necessário realizar um cálculo bem fácil. É preciso, apenas, dividir o lucro da empresa em certo período pelo valor total do investimento inicial. O resultado deve ser um percentual, portanto, deve-se multiplicar por 100. Assim como demonstramos abaixo.

Rentabilidade = Lucro Líquido          x 100
Investimento Total

Planilha Fluxo de Caixa

Rentabilidade industrial x lucratividade: entenda a diferença

Muitas pessoas acabam confundindo esses dois conceitos e, em algumas vezes, são usados como sinônimos. Porém, eles são distintos. Como mencionamos, a rentabilidade é uma métrica utilizada para aferir o retorno financeiro de um investimento realizado.

Já a lucratividade se baseia na receita total produzida pela empresa. Ela indica se as vendas da indústria estão cobrindo os custos de produção e, claro, gerando recursos financeiros extras. Nesse índice, divide-se o lucro líquido pela receita bruta e, depois, multiplica-se por 100.

Agora que você pôde entender um pouco mais sobre os conceitos, chegou a hora de saber como ter mais rentabilidade industrial no seu negócio. Continue a leitura!

Como ter mais rentabilidade industrial na sua fábrica

Por englobar áreas como florestal e fabril, a indústria de papel e celulose se torna bastante complexa. Maquinário e equipes trabalham constantemente para atender à demanda e, claro, trazer rentabilidade e lucro para o negócio.

Dessa forma, para continuar a garantir um bom retorno dos investimentos, é necessário acompanhar as operações da indústria, desde as plantações até os maquinários. Afinal, a produtividade e melhoria constante de processos são fatores que ajudam a obter um resultado positivo financeiramente.

Assim, para manter a rentabilidade industrial no setor de papel e celulose é imprescindível adotar algumas práticas. O uso de tecnologias que ajudam a promover a otimização das tarefas é uma delas. Na sequência, trouxemos 5 ações para você começar a realizar o quanto antes. Confira!

1. Fique de olho na manutenção

Um fator muito importante para a rentabilidade industrial é a manutenção de ativos. Embora seja ampla, a indústria de papel e celulose apresenta pontos em comum com outros setores. Porém, na sua parte central, a máquina de papel, deve-se ter atenção às altas temperaturas, contato frequente com água (ou vapor) e resistência ao desgaste.

Assim, um ponto primordial na manutenção de ativos é referente à sua lubrificação. Utilizar os produtos certos evita a parada de equipamentos. Além disso, é essencial seguir todas as recomendações dos fabricantes. Então, contar com um cronograma de manutenção é indispensável para garantir a rentabilidade do seu negócio.

2. Atente-se à redução de custos

Todos os gastos que você tem na sua empresa impactam na rentabilidade do seu negócio. Mas, antes de sair por aí fazendo cortes, é preciso identificar quais atividades podem ser otimizadas para que o impacto financeiro seja menor.

A busca pela redução de custos na indústria de papel e celulose deve fazer parte da cultura corporativa e todos os membros da equipe que contribuem para o saving. Outra prática é a utilização de inovações a seu favor. A Indústria 4.0 já é uma realidade e soluções de Inteligência Artificial ajudam a melhorar processos e identificar padrões para que você possa aperfeiçoar pontos.

3. Tenha um planejamento e controle de gestão

Esse item é fundamental para qualquer negócio e, na indústria de papel e celulose, não é diferente. O planejamento é quem definirá os direcionamentos a serem seguidos para que sua empresa obtenha bons resultados e, claro, rentabilidade.

Quanto à gestão, é preciso fazê-la de forma completa, para que todas as decisões sejam tomadas de forma mais ágil e assertiva. Também, para evitar problemas que possam surgir diariamente. Para isso, é indispensável que o gestor tenha acesso a todos os dados da indústria.

4. Foque nos resultados

Quando se tem um planejamento e uma gestão bem definida, pode-se delimitar os objetivos a serem alcançados. Para isso, o ideal é atingir os melhores resultados com poucos recursos.

Assim, faz-se necessário buscar uma otimização no desempenho da equipe, para que as metas sejam atingidas. Então, é importante compartilhar esses objetivos com toda a equipe e envolvê-la em seu atingimento. Também, é indispensável integrar todas as unidades da sua empresa.

5. Conte com parceiros estratégicos

Ter parceiros estratégicos otimiza diversos processos de uma indústria de papel e celulose. Não melhora só a rentabilidade industrial, mas, também, a competitividade. Contar com esses relacionamentos, faz com que seu negócio possa realizar melhorias contínuas de atividades, até mesmo da manutenção dos ativos. E, assim, reduzir custos e se tornar mais rentável.

Além disso, essa experiência faz com que exista uma troca de informações entre parceiros. Esse compartilhamento pode trazer soluções inovadoras, assertivas e ajudam a dar início ao processo de transformação digital das empresas que ainda não estão na indústria 4.0. Entenda mais sobre esse ponto, lendo Manufatura 4.0: como parcerias tecnológicas estratégicas geram competitividade no setor de papel e celulose.

No artigo de hoje, você pôde compreender melhor como sua fábrica de papel e celulose pode ter mais rentabilidade industrial. Continue acompanhando o Portal para receber mais conteúdos como este. E, para materiais em primeira mão, inscreva-se no nosso canal no Telegram.

Acompanhe o que há de novo na industria também pelo Telegram

Você também vai gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
0 %