Mercado B2B

Gestão da manutenção na mineração: como torná-la mais eficiente?

A atividade de mineração sempre foi um dos pilares da economia brasileira — desde os anos coloniais, quando ajudou a estabelecer nosso sistema econômico, até os dias de hoje — representando cerca de 4% do PIB nacional. Somado à abundância de recursos minerais de nossas terras, o constante desenvolvimento de novas tecnologias e equipamentos ajudou o setor a se manter atrativo para as empresas ao longo do tempo.

No cenário atual, para manter o maquinário em pleno funcionamento, a correta gestão da manutenção na mineração é um cuidado indispensável. Para nos explicar mais sobre esse assunto, convidamos o especialista da PETRONAS na área, Bruno Reguera de Lima. Confira as dicas que ele passou para tornar esse processo mais eficiente!

Qual a importância da gestão da manutenção na mineração?

Assim como acontece em todos os segmentos industriais, investir em boas práticas de manutenção pode gerar uma série de benefícios para as empresas que atuam na mineração, desde o plano operacional até o financeiro. De acordo com Bruno, as despesas com manutenção podem responder por até 50% dos custos operacionais de uma mineradora, uma parcela significativa da receita dessas companhias.

Para reduzir esses gastos e mantê-los sob estrito controle, Bruno ressalta a importância da gestão da manutenção como uma prática que deve estar em constante aplicação e aprimoramento. Afinal, os equipamentos para mineração costumam operar sob condições muito severas, exigindo atenção dos gestores para garantir a previsibilidade e o controle necessários para evitar contratempos.

O especialista lembra ainda que a falta de manutenção pode acarretar em quebras e paradas inesperadas, que impactam em cadeia todo o processo produtivo e geram grandes prejuízos ao negócio. Por outro lado, uma manutenção planejada ajuda a garantir a disponibilidade dos equipamentos, reduzindo a necessidade de intervenções corretivas e mitigando processos ineficientes.

Em um setor tão complexo como o de mineração, dominar as melhores estratégias de gestão da manutenção certamente será um grande diferencial competitivo. A consequência são melhores resultados para a empresa.

Como aprimorar a gestão da manutenção?

Por se tratar de uma das indústrias mais antigas e tradicionais da nossa economia, a incorporação de novas práticas de gestão da manutenção na mineração pode demandar algumas mudanças culturais para os profissionais da área. Ainda que sejam necessários esforços para quebrar alguns paradigmas, é preciso ter em mente que essas mudanças resultarão em um notável aprimoramento nos resultados dessa tarefa.

Nesse sentido, Bruno nos contou quais são as principais práticas que devem ser observadas para o aprimoramento da gestão da manutenção na mineração. Confira, a seguir!

Acompanhamento

De acordo com Bruno, as ações preventivas se tornam cada vez mais importantes nesse segmento, já que elas fornecem ao gestor uma visão mais ampla e concreta sobre a real situação dos equipamentos. Por isso, a dica é elaborar periodicamente um levantamento preciso das condições de todos os equipamentos utilizados nas minas.

Isso dará apoio ao desenvolvimento de controles, inspeções e análises que identifiquem previamente prováveis falhas que poderiam causar quebras ou paradas repentinas.

Planejamento

Com uma visão mais ampla e concreta sobre a real situação dos equipamentos, será mais fácil planejar as ações do setor de manutenção de forma produtiva. Nesse processo, é preciso trabalhar com altos níveis de controle e acompanhamento dos processos a fim de definir quais procedimentos serão adotados antes mesmo dos primeiros sinais de falhas que aparecerem.

Mantendo a sincronia entre os procedimentos preventivos e preditivos, a gestão da manutenção certamente atingirá resultados que serão benéficos para a rotina operacional de uma mineradora.

Análise de dados

Diante da constante necessidade de melhoria nos processos, a análise aprofundada dos dados e informações coletadas em todas as fases do processo de mineração é uma prática indispensável. A dica do especialista é se valer da tecnologia como aliada nessa hora, pois ela permite que essa tarefa seja realizada de forma ágil e eficaz.

Existem diversos softwares e aplicativos que permitem o monitoramento e a criação de um banco de dados. Esse é um recurso que servirá de referência para as ações que serão tomadas e escolha das tarefas que serão priorizadas.

Controle de estoque

Para tornar os processos de manutenção mais rápidos, é importante que as empresas desenvolvam um apurado controle de estoque. O mais importante é garantir que as peças e componentes que mais precisam de reposição estejam à disposição dos profissionais para reduzir ao máximo o tempo ocioso dos equipamentos.

Quais equipamentos requerem mais atenção?

Para atender a todas as necessidades da exploração de minérios, as empresas do setor precisam ter à disposição uma série de equipamentos específicos. Portanto, desenvolver um plano de manutenção voltado para cada um deles é o primeiro passo para assegurar sua eficiência e disponibilidade para todos os momentos. Veja agora quais os equipamentos de mineração que requerem mais atenção do setor de manutenção.

Perfuratrizes

Equipamento hidráulico para perfuração em ambientes abertos, sendo ideal para uso em pedreiras e canteiros de obras. Exigem atenção às condições de trabalho do motor, especialmente no que se refere a sua alimentação elétrica e arrefecimento. Na sua operação, é preciso atentar aos limites de temperatura, pressão do solo, inclinação e estabilidade para evitar o desgaste excessivo de seus componentes.

Moinhos

Equipamento de importante aplicação na industrialização de produtos de baixa granulometria, os moinhos são robustos, duráveis e de grande desempenho. Sua operação envolve muita pressão, impactos e desgaste, exigindo um acompanhamento constante para reduzir episódios inesperados que podem prejudicar a produtividade.

Britadores

Utilizados na fragmentação de grandes materiais para posterior processamento, como rochas e pedras. Em geral, contam com uma mecânica simplificada e são de fácil operação, o que resulta também em uma manutenção mais simples e barata. No entanto, seu planejamento deve contar com verificações constantes, visto que esses equipamentos operam em alta potência, o que acelera o desgaste dos componentes.

Peneiras vibratórias

Mais um equipamento fundamental no processo de beneficiamento dos materiais extraídos das minas, as peneiras vibratórias também precisam de uma plano de manutenção bem definido. Devido ao seu funcionamento baseado em vibrações mecânicas de alta frequência, o atrito entre suas peças é intenso, o que pode gerar situações de folgas e falhas se os devidos cuidados não forem observados.

Para garantir um bom desempenho durante sua operação, é preciso ter atenção ao seu sistema de suspensão e à tela, que devem estar em bom estado para atingir maior eficiência do equipamento.

Qual o papel da lubrificação na gestão de manutenção na mineração?

Se existe uma característica em comum entre os equipamentos utilizados na mineração, é que todos eles dependem de uma lubrificação adequada para o trabalho que realizam. Por isso, Bruno alerta que os gestores devem conhecer a fundo as necessidades de cada um deles, bem como as especificações dos óleos lubrificantes disponíveis no mercado.

Com o fluido certo, os equipamentos ganham em desempenho e durabilidade, reduzindo o risco de imprevistos na rotina produtiva. Para atender a todo esse maquinário, a PETRONAS conta com linhas de lubrificantes especialmente desenvolvidas para a mineração.

Entre eles, Bruno destaca o lubrificante sintético Urania K, que fornece mais proteção ao motor e permite a extensão do intervalo de troca. A linha Tutela TRD também é ideal para equipamentos fora de estrada, enquanto a linha Hydraulic atende às necessidades dos sistemas hidráulicos da mineração.

Quer conhecer melhor as práticas que podem ser incorporadas na gestão de manutenção da mineração? Confira o e-book recomendando pelo especialista e comece a alcançar excelentes resultados na sua atuação!

Você também vai gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em:Mercado B2B

×
0 %