Manutenção Industrial

Como uma mineradora do Vale do Jequitinhonha otimizou suas operações com PETRONAS Hydraulic

As escavadeiras hidráulicas são ativos imprescindíveis para a atividade mineradora. E, em se tratando de um setor onde o trabalho é, praticamente, ininterrupto, essas máquinas ganham ainda mais destaque. Como qualquer equipamento utilizado nesse segmento, também, estão expostas a fatores-chave para a depreciação. As altas cargas e as adversidades ambientais, como poeira, chuvas, sol, umidade do ar são bons exemplos. Estes elementos contribuem para o aparecimento de oxidação das superfícies que, se não identificada e tratada a tempo, pode ser a causa raiz de falhas muito graves.

Por conta disso, a manutenção dos equipamentos deve ser rigorosa. As paradas precisam ser planejadas para que o ativo volte logo às operações e, nesse cenário, a quebra de uma máquina resulta em muita perda de produtividade. O colapso, ainda, pode custar muito caro, a exemplo dos sistemas hidráulicos. Além disso, a manutenção corretiva se torna um problema logístico, visto que a mineração ocorre em ambientes remotos.

Ciente disso, uma grande mineradora brasileira ― a maior empresa do segmento nos Vales do Mucuri e Jequitinhonha ―, recorreu à PETRONAS para viabilizar a troca dos fluidos utilizados nas escavadeiras hidráulicas. A empresa, que conta com 7 unidades e mais de 300 funcionários, consome cerca de 10.000 litros por mês e percebeu que o alto valor investido nesses insumos poderia ser otimizado. 

A seguir, você confere os detalhes do estudo conduzido pelos especialistas em lubrificação e entenderá por que o PETRONAS Hydraulic 68 foi a solução ideal. Saiba mais!

Case: como PETRONAS Hydraulic 68 otimizou as operações de uma grande mineradora 

Em uma mineradora de grande porte, são muitos os equipamentos que demandam uma alta quantidade de fluido hidráulico. Esse produto, portanto, representa uma boa parcela dos valores investidos na aquisição de insumos. Como mencionado acima, a empresa em questão consumia uma média de 10 mil litros por mês e, considerando esse volume, estender o período de troca dos lubrificantes traz economias significativas.

Outro fator, também, foi responsável por fazer os gestores buscarem novas opções de fornecimento: a tecnologia empregada no maquinário. Com a chegada da Indústria 4.0, muita coisa mudou nos equipamentos e isso, claro, impacta nos insumos escolhidos. No caso dos sistemas hidráulicos, os fabricantes passaram a exigir novas especificações, tornando obsoletas muitas opções de lubrificantes presentes no mercado nacional.

Dessa forma, ao procurar a PETRONAS, o cliente tinha três principais objetivos:

  1. encontrar um produto que atendesse às especificações do fabricante;
  2. garantir a performance e aumento da vida útil do equipamento;
  3. estender o período de troca de lubrificante.

A análise e os resultados

O foco do cliente era encontrar um novo fluido hidráulico para as escavadeiras. Com base nessas informações, a equipe técnica da PETRONAS começou o estudo para determinar as principais necessidades que o óleo em questão precisaria cumprir. A partir dessa análise, foi possível perceber que o lubrificante deveria ter um pacote de aditivos com:

  • antidesgaste: faz com que o fluido se adapte às superfícies e reaja de acordo com aumento de temperatura provocado pelo atrito. Assim, consegue garantir que o filme protetor não se rompa, mesmo sob altas cargas;
  • anticorrosivo: assegura a estabilidade química e mecânica do fluido, mesmo se contaminado por umidade. Dessa forma, protege o equipamento da ação da água;
  • antioxidante: evita a formação de borras e estende a vida útil do lubrificante. Assim, as paradas para troca são menos frequentes;
  • antiespuma: garante a homogeneidade do produto, que retarda o envelhecimento e oxidação do óleo.

Após detectar as necessidades do maquinário e o pacote de aditivos mais adequado para atingir os objetivos, foi indicado o uso do PETRONAS Hydraulic 68. Isso porque, além de atender às demandas identificadas, supera muitos dos requisitos exigidos pelos principais fabricantes de equipamentos pesados.

Infográfico Como ler rótulo de lubrificantes PETRONAS?

Com a substituição do lubrificante, as escavadeiras mostraram um excelente desempenho, apesar do ambiente hostil da mineração. O intervalo de troca também foi estendido, o que garantiu que produzissem mais por um tempo muito maior. Além disso, foi assegurada a estabilidade da máquina, o que aumenta a segurança das operações.

Os resultados dos testes conduzidos se mostraram tão positivos que, desde então, o PETRONAS Hydraulic 68 foi adotado pela mineradora em todos os seus sistemas hidráulicos. O pacote de aditivos garantiu uma vida útil prolongada e melhor desempenho, além de evitar problemas comuns como a secura da mangueira. 

Conheça as principais especificações do PETRONAS Hydraulic

Quando o assunto é lubrificação dos equipamentos pesados, ninguém melhor que o fabricante para dizer o que é adequado para o uso. Por isso, observar as homologações é imprescindível na hora da compra do insumo. Mais que garantir que o fluido siga as recomendações, essa certificação também diz muito sobre quem produz o lubrificante. 

Insumos com homologação de fábrica junto às demais certificações internacionais, garantem que a indústria está usando insumos de procedência garantida e qualidade testada. Dessa forma, é possível entender quais fornecedores atuam dentro das boas práticas e investem no desenvolvimento contínuo de seus produtos e processos.

O PETRONAS Hydarulic 68 está de acordo com as seguintes especificações de performance:

  • ASTM D 6158 HV; 
  • Bosch Rexroth RD90220; 
  • DIN 51524 Parte II HLP e III HVLP (2006);  
  • Eaton 03-401-2010; 
  • Fives Cincinnati P-68/P-69/P-70; 
  • GM LS-2 (2004); 
  • ISO 11158 HV (FDIS 2008); 
  • JCMAS HK P041 (2004);
  • Parker Denison HF-0, HF-1, HF-2; 
  • SAE MS1004; 
  • SEB 181 222 (2007);  
  • US Steel 126, 127 e 136.

A qualidade comprovada do Hydraulic 68, aliado à expertise da equipe técnica da PETRONAS, foram responsáveis pelo ganho na produtividade e melhoraram a operação de escavadeiras desse cliente.

Se quiser conhecer todos os dados técnicos e especificações, acesse a Ficha Técnica do PETRONAS Hydraulic.Gostou desse material? Então, baixe gratuitamente o nosso Guia de Lubrificação em Mineração: levando você para o próximo nível em eficácia. E não esqueça de se cadastrar na lista exclusiva do Telegram e receber, em primeira mão, as principais novidades do setor industrial.

Você também vai gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
0 %